PESQUISA

NC - Heitor Villa-Lobos (1887 – 1959) - Melodia Sentimental

Villa-Lobos foi um dos pioneiros dentre os compositores brasileiros em compor trilhas para filmes. Em meados da década de 1950, recebeu a proposta de compor a trilha do filme Green Mansions do diretor americano Mel Ferrer (1917 – 2008), estrelado pela cotada Audrey Hepburn (1929 – 1993). O filme não obteve tanta projeção como era prevista, a parte musical fora toda cortada durante as edições e várias adaptações da música original de Villa-Lobos foram feitas por Bronislaw Kaper (1902 – 1983), compositor de trilhas polonês. Insatisfeito pelas mudanças de sua trilha original, Villa-Lobos reaproveitou as ideias musicais pensadas originalmente para o filme e compôs uma cantata, intitulada A Floresta do Amazonas. Uma das canções que ganhou mais destaque dessa cantata foi a Melodia Sentimental. O sucesso dessa música foi tão grande que ultrapassou os limites do ambiente de concerto e adentrou no da música popular. Nos anos 1960, Elizeth Cardoso gravou a música, assim como muitos outros nomes de sua geração, chegando aos anos 1990 através de Zizi Possi e seguindo com Djavan, Maria Bethânia, Ney Matogrosso e outros. Isso é reflexo da tentativa de síntese que Villa-Lobos promovia entre ambos os universos, erudito e popular, o que muito se nota em suas peças para violão, as quais contemplam o urbanismo do choro com trejeitos e sotaques da música erudita, por exemplo.

Dario Rodrigues Silva